sexta-feira, 20 de maio de 2016

EDUCAÇÃO TRANSFORMADORA




“Um ex-interno da Fundação Casa de Araçatuba (SP) mostrou que a educação pode realmente dar um novo destino para uma pessoa em situação de risco por causa da criminalidade. O agora aluno Jonathan Felipe da Silva Santos, de 18 anos, foi escolhido como a revelação da Feira de Ciências da Secretaria de Educação de São Paulo com um projeto de corrigir a acidez do solo com resíduos de giz escolar”.


   Ingressei na esfera pública estadual em 1974 no antigo Parque hospitalar do Mandaqui, nas funções de Oficial Administrativo (antigo escriturário), em 1986 fui colocado à disposição da Secretaria de Descentralização e Participação, na gestão José Gregori, e posteriormente alterada para Secretaria de Ação Comunitária, nas quais exerci as funções de Encarregado de Setor (Administração Geral) e Chefe de Seção (Administração Geral), designado através dos titulares das pastas, com publicações no Diário Oficial do Estado – tinha sob a minha responsabilidade 10(dez) menores da antiga FEBEM, ora Fundação Casa, eram aprendizes, e semanalmente comparecia na sede da secretaria localizada na Rua Líbero Badaró, 119, atualmente abriga órgão da administração municipal -, monitor recebia um relatório da cada um, muitos deles foram efetivados, outros não -, sempre lhes salientava a importância da educação, dava-lhes todo o suporte.
   Agora, surge um exemplo, isso nos deixa muito feliz.

Toninho Carlos



Nenhum comentário:

Postar um comentário